Loading

Viagem para Viena - Pontos de Interesse

Ópera Estatal de Viena

A Ópera Estatal de Viena é, talvez, o mais conhecido e acarinhado símbolo das artes Vienenses. A construção original, sobre as ordens do imperador Franz Josef I, decorreu entre 1861 e 1869. Mas, naquela altura, a sua arquitetura não agradou aos habitantes da cidade de Viena. Um dos dois arquitetos não aguentou as críticas e suicidou-se. O outro morreria, semanas mais tarde, de ataque de coração.

Museu de História da Arte

Um dos maiores museus de arte do mundo num palácio que é, ele próprio, uma obra de arte. Contém a coleção da Casa de Habsburgo que inclui artistas como Rafael, Caravaggio, Bosh e Brueghel, uma galeria fotográfica, arte antiga do Egipto, Grécia e império Romano.

Museu de História Militar

Um museu enorme com armas e mapas militares de diferentes períodos. Também nele se pode ver o carro descapotável onde o arquiduque Franz Ferdinand, o último princípe austríaco, foi morto a tiro em Sarajevo. A sua morte viria a provocar a Primeira Guerra Mundial e a queda do Império Áustro-Húngaro.

Palácio de Schönbrunn

Este palácio de Verão da Casa de Habsburgo e os seus jardins, situados não muito longe do centro da cidade de Viena, foram inscritos na lista da Unesco como Património Mundial. Neste local reuniram-se John F. Kennedy e Nikita Khruschchev, no auge da Guerra Fria. Pode ser comparado, em grandeza, ao Palácio de Versailles, em Paris, e contém um dos mais antigos zoos do mundo. É possível visitar com ou sem guia os quartos e o jardins.

Palácio de Belvedere

Este gigantesco complexo de edifícios, que começou por ser um castelo medieval, cresceu ao longo dos anos e foi a residência dos imperadores de Habsburgo até 1918. Neste momento, incorpora os escritórios do Presidente da Áustria, um centro de convenções e a Escola de Equitação Espanhola. Há, no Palácio de Belvedere, vários museus abertos ao público tais como os Apartamentos Imperiais, o Museu de Sissi e a Colecção de Prata Imperial.

Catedral de Santo Estêvão

Trata-se de uma obra mundialmente conhecida e um exemplo da arquitetura do século XII. A também denominada "Steffl" é uma das mais importantes catedrais góticas do mundo. O famoso sino da Catedral de Santo Estêvão, o "Pummerin", pesando não menos que 21 toneladas, sofreu consideráveis danos causados pelos ataques da Segunda Guerra Mundial, desde então ele vem sendo consertado e é usado atualmente para determinar ocasiões especiais, assim como para anunciar o novo ano.

Parque do Danúbio

O Parque do Danúbio abriga um maravilhoso bosque, à beira do rio, sendo um local bem característico da Europa central, que merece ser visitado. Em seu centro, há uma torre gigante, com um restaurante giratório no topo. Há um belo lago no centro com uma ponte onde pode visualizar os pássaros e muitos bancos e mesas de piquenique no sol e sombra.

Igreja de São Carlos

A Igreja apresenta um altar maravilhosamente esculpido. O seu elevador panoramico leva-o até à cúpula da igreja e daí pode admirar seus frescos de perto. Tem acesso ao ponto mais alto da abóbada, e daí pode admirar Viena do alto.